Produtos

Os transformadores possuem como função principal elevar, rebaixar ou isolar a tensão de entrada (primário ou rede) para um determinado valor de tensão de saída (secundário ou carga). O circuito de entrada e de saída são isolados galvanicamente através de dois enrolamentos independentes.É indicado para diversas aplicações onde além da transformação da tensão se faz necessária a separação dos circuitos, dentre elas podemos destacar: atenuação dos efeitos de harmônicas, correção da tensão entre fase e neutro; alimentação de equipamentos com circuitos eletrônicos sensíveis a ruídos.

Características:

  • Potência: 100VA à 1000KVA;
  • Tensão primária e secundária: Conforme especificação;
  • Fase(s): Trifásico, bifásico ou monofásico;
  • Frequência: 60Hz ou 50Hz;
  • Classe e elevação de temperatura do material isolante: ’B’ 130°C ’F’ 155° C ou ’H’ 180°;
  • Classe de tensão de isolamento: 0,6kV ou 1,2kV;
  • Enrolamento: Alumínio ou Cobre;
  • Montagem: IP00, IP21, IP54 ou IP65;
  • Pintura eletrostática;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.

FATOR K

Atualmente verifica-se a crescente utilização de cargas não lineares (cargas eletrônicas tais como fontes chaveadas, conversores controlados, PLC ou mesmo inversores em NO BREAKS ou DRIVES para alimentação e controle de motores),as quais desfiguram a forma de onda da corrente de alimentação e esta por sua vez, também causa deformação na forma de onda da tensão, ao circular pela impedância da linha. O efeito dessas cargas com suas harmônicas no caso específico de transformadores é o aumento na temperatura de operação, causando um envelhecimento precoce da isolação com a consequente redução no tempo de vida útil do mesmo. Para se evitar este inconveniente é necessário informar o espectro de harmônicas que estará presente ou o tipo de carga a ser alimentada.Como possuímos dados de estudos de vários tipos de carga, com o seu respectivo espectro de harmônicas, podemos indicar o FATOR K para o transformador a ser adquirido.

Os Autotransformadores possuem como característica principal elevar ou rebaixar a tensão de entrada (primário ou rede) para um determinado valor de tensão de saída (secundário ou carga). No autotransformador o primário e o secundário estão interligados, portanto, é indicado para aplicações onde não é necessária a isolação entre a rede elétrica e a carga. A principal vantagem que a construção do autotransformador permite é o preço reduzido em relação ao transformador, pois suas dimensões e peso são menores. O valor do autotransformador é diretamente proporcional à diferença de tensão entre primário e secundário, ou seja, quanto menor for a diferença entre a maior tensão (AT) e a menor tensão (BT) menor será o valor do autotransformador. Outras vantagens importantes que podemos destacar são menores perdas e maior rendimento em relação ao transformador e o fato de que as tensões são reversíveis, ou seja, a entrada pode ser usada como saída e vice-versa.

Aplicações:

Máquinas industriais, geradores, motores, ar condicionado, pontes rolantes, entre outros.

Características:

  • Potência: 100VA à 1000KVA;
  • Tensão primária e secundária: Conforme especificação;
  • Fase(s): Trifásico, bifásico ou monofásico;
  • Frequência: 60Hz ou 50Hz;
  • Classe e elevação de temperatura do material isolante: ’B’ 130°C, ‘F’ 155°C ou ‘H’ 180°;
  • Classe de tensão de isolamento: 0,6kV ou 1,2kV;
  • Enrolamento: Alumínio ou Cobre;
  • Montagem: IP00, IP21, IP54 ou IP65;
  • Pintura eletrostática;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356;

Os transformadores monofásicos modelo "EI" destinam-se a alimentação de circuitos de comando industriais, tais como: circuitos auxiliares para comandos de acionamento, sinalização ou proteção. Devido à isolação galvânica entre primário e secundário, também propicia a isolação elétrica entre os circuitos de rede e carga, fornecendo maior segurança ao circuito alimentado e ao operador. Atua como limitador de capacidade de curto circuito, redutor de tensão de circuitos de potência e atenuador em cargas não lineares (harmônicas) na instalação.

Características:

  • Potência: 50VA à 2000VA;
  • Tensão primária e secundária: Conforme especificação;
  • Frequência: 60Hz ou 50Hz;
  • Classe de temperatura do material isolante: ‘B’ 130° C;
  • Classe de tensão de isolamento: 0,6kV ou 1,2kV;
  • Enrolamento: Cobre;
  • Montagem: IP00 ou IP21;
  • Acabamento em verniz isolante;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.

Transformador de Potencial - Baixa Tensão

Os transformadores de potencial são utilizados para adequar o nível de tensão, permitindo que os instrumentos de medição e proteção funcionem adequadamente sem que lhes seja necessário possuir tensão de acordo com o valor nominal da rede à qual serão ligados.

Características:

  • Potência térmica nominal: Conforme especificação;
  • Tensão primária e secundária: Conforme especificação;
  • Carga nominal: P25 / P35 / P75 / P100 ou P200;
  • Classe de exatidão: 0,3 / 0,6 ou 1,2;
  • Polaridade: Subtrativa;
  • Frequência: 60Hz ou 50Hz;
  • Classe de temperatura do material isolante: ‘B’ 130° C;
  • Classe de tensão de isolamento: 0,6kV ou 1,2kV;
  • Enrolamento: Cobre;
  • Montagem: IP00 ou IP21;
  • Acabamento em verniz isolante;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.

O transformador de separação é necessário para garantir um aterramento IT, neste sistema os equipamentos médicos são alimentados com energia isolada da terra. Isso significa que o transformador isola a alimentação desses equipamentos de todos os outros circuitos do estabelecimento de saúde e de todos os outros circuitos do próprio local para os quais não é exigido um aterramento diferenciado. Os Transformadores de Separação possuem isolação reforçada, blindagem eletrostática entre enrolamentos primário e secundário conectada a um terminal próprio e características elétricas e mecânicas que garantem qualidade e confiabilidade a sua aplicação.

Características:

  • Potência: 2,5kVA a 10kVA;
  • Tensão primária e secundária: Conforme especificação;
  • Fase(s): Monofásico ou Trifásico;
  • Frequência: 60Hz ou 50Hz;
  • Classe de temperatura do material isolante: ‘H’ 180°;
  • Blindagem eletrostática;
  • Controlador de temperatura para monitoramento e proteção térmica;
  • Conexões protegidas contra contatos acidentais;
  • Classe de tensão de isolamento: 0,6kV ou 1,2kV;
  • Enrolamento: Alumínio ou Cobre;
  • Baixo índice de perdas e dissipação de calor otimizada;
  • Montagem: IP21;
  • Pintura eletrostática;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme normas IEC 61558-2-15, ABNT/NBR 13534 e ABNT/NBR 5356.

Este modelo de autotransformador é aplicado na partida de motores ou bombas que fazem uso de chave compensadora, desenvolvido para atender a necessidade de redução dos picos de corrente na partida dos motores e bombas, evitando elevadas quedas de tensões na rede de alimentação.

Características:

  • Potência (CV ou HP): conforme especificação;
  • Tensão de alimentação: conforme especificação;
  • Tap's de regulação: 80% e 65%;
  • Quantidade de partidas e duração (leve ou pesada): conforme especificação;
  • Sensor de temperatura instalado na bobina central;
  • Classe do material isolante e elevação de temperatura: ‘F’ 155° C;
  • Montagem: IP00;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.

Os reatores ou indutores são dispositivos elétricos passivos que possuem diversas aplicações nos sistemas elétricos, dentre as mais comuns podemos citar: Filtro de distorções harmônicas; Atenuador de corrente; Ressonância; Correção do fator de potencia junto à banco de capacitores; Filtro de entrada ou saída de inversores; Alisamento de corrente em circuitos DC; Entre outros.

Características:

  • Potência (VAr): Conforme especificação;
  • Fase(s): Trifásico, bifásico ou monofásico;
  • Indutância ou queda de tensão (UK): Conforme especificação;
  • Corrente: Conforme especificação;
  • Frequência: Conforme especificação;
  • Classe de temperatura do material isolante: ‘F’ 155° C ou ‘H’ 180°;
  • Classe de tensão de isolamento: 0,6kV ou 1,2kV;
  • Enrolamento: Alumínio ou Cobre;
  • Acabamento em verniz isolante;
  • Montagem: IP00 ou conforme especificação;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.

Fontes de alimentação são utilizada na alimentação de circuitos em corrente continua, possuem conjunto retificador de onda completa.

Características:

  • Tensão de entrada AC: Conforme especificação;
  • Tensão de saída DC: Conforme especificação;
  • Corrente de saída DC: Conforme especificação;
  • Fase(s): Trifásico ou monofásico;
  • Frequência: 50Hz ou 60Hz;
  • Montagem: IP00;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.

MÉDIA TENSÃO

Os Transformadores de distribuição encapsulados em resina epóxi são utilizados para distribuição de energia ao consumidor final, principalmente em instalações internas que exigem maior segurança e confiabilidade. Entre as principais vantagens, podemos citar: Auto-extinguível e sem componentes tóxicos, livre de manutenção (sem líquidos isolantes), baixo custo operacional, respeito ao meio ambiente, 100% reciclável, não causa poluição e nem possui substâncias químicas tóxicas em seus componentes, resistentes à poluição e à umidade, superior resistência a curto-circuito, isento de descargas parciais, refrigeração natural ou forçada com opção de incremento de até 40% na potência nominal, alta capacidade de sobrecarga.

Características:

  • Potência: 30kVA à 5MVA;
  • Classe de tensão de isolamento: 15kV / 24,2kV / 36,2kV;
  • Classe de temperatura do material isolante: ‘F’ 155° C;
  • Enrolamento: Alumínio ou Cobre;
  • Montagem: IP00, IP21 ou IP54;
  • Construído e ensaiado individualmente conforme norma ABNT / NBR 5356.